O que é o aço laminado a frio? Características e utilidades

A laminação é um processo amplamente utilizado na indústria metalúrgica para a fabricação de diversas chapas de aço. Também conhecido como aço laminado a frio, este é um método de conformação mecânica que consiste em reduzir a espessura de um metal por meio da passagem entre dois cilindros de aço, chamados de laminadores, culminando em características e aplicações específicas no mercado.

Neste artigo, exploraremos do que este processo se trata, suas vantagens técnicas e aplicações, assim como as diferenças em relação à laminação a quente.

Não deixe de ler o nosso guia sobre metais que não oxidam aqui.

O que é aço laminado a frio?

O aço laminado a frio é um processo de moldagem realizado em temperatura ambiente ou ligeiramente abaixo dela. Nesse método, uma chapa de aço passa pelos cilindros de um laminador sem ser aquecida previamente, como a maioria das pessoas pensa ser o costume (por culpa dos filmes, supomos).

Esse processo de laminação a frio resulta em uma série de benefícios e propriedades distintas em comparação com a laminação a quente, a qual veremos daqui a pouco.

Filme de laminação a frio em um cilindro de laminador.

De toda forma, o aço laminado a frio possui uma precisão dimensional superior devido à menor deformação elástica durante a moldagem, o que resulta em chapas com espessuras consistentes e tolerâncias apertadas, algo crucial em muitas aplicações. Além disso, este processo proporciona uma superfície lisa e uniforme ao aço, uma vez que não há oxidação significativa em sua composição.

Não é preciso dizer que tal fator é altamente desejável para muitas aplicações gerais, como a indústria automotiva e a produção de eletrodomésticos. Por aumentar a resistência e a dureza do aço, tornando-o adequado para aplicações que exigem alta resistência mecânica, o processo de laminação a frio gera peças estruturais e componentes de máquinas de qualidade.

Aplicações do aço laminado a frio

Como mencionado, o aço laminado a frio tem uma ampla gama de aplicações em diversos setores industriais. Portanto, aqui estão algumas das principais áreas em que o aço laminado a frio é utilizado na atualidade:

Indústria automotiva

O aço laminado a frio é amplamente empregado na fabricação de carrocerias, painéis internos, componentes estruturais, trilhos de trem e peças de reposição para veículos. Sua superfície de alta qualidade e resistência mecânica tornam-no uma escolha ideal para a indústria automotiva.

Construção

O aço laminado a frio é utilizado na construção de estruturas metálicas, perfis, telhas, tubos e outros elementos utilizados na indústria da construção civil – pois sua alta resistência e precisão dimensional contribuem para a durabilidade e eficiência das estruturas.

Eletrodomésticos

O aço laminado a frio é amplamente empregado na fabricação de eletrodomésticos, como geladeiras, fogões, máquinas de lavar e secadoras, uma vez que sua superfície lisa e livre de imperfeições contribui para a estética e durabilidade desses produtos.

Embalagens

O aço laminado a frio é utilizado na produção de embalagens metálicas, como latas de alimentos, latas de bebidas e recipientes de metal. Sua resistência e capacidade de conformação tornam-no ideal para esse tipo de aplicação.

A laminação a quente é um processo de conformação mecânica no qual o aço é aquecido a temperaturas elevadas antes de ser passado entre os cilindros do laminador. Esse método é frequentemente utilizado quando é necessário trabalhar o aço em altas temperaturas para facilitar a conformação e obter propriedades mecânicas específicas.

Leia também: Qual é o preço do KG do aço?

Mas e o processo de laminação a quente?

O processo de laminação a quente, por outro lado, é composto por uma etapa de aquecimento, sob temperaturas que geralmente variam entre 1.100°C e 1.300°C dependendo do tipo de aço e da aplicação desejada. Essa temperatura elevada é necessária para reduzir a resistência do material e torná-lo mais maleável, facilitando a deformação plástica durante a laminação.

E diferentemente da laminação a frio, antes de passar pelos cilindros principais do laminador o aço pode passar por um processo de desbaste inicial para reduzir sua espessura e prepará-lo para a finalização. Isso é realizado em laminadores chamados “desbastadores”, que limpam a superfície metálica, deixando-a mais lisa e com acabamento profissional.

O aço aquecido é então direcionado para os cilindros principais do laminador, onde é comprimido entre eles. Então, os cilindros rotativos exercem uma pressão intensa sobre o produto, reduzindo sua espessura e aumentando seu comprimento, gerando uma chapa de aço com espessura reduzida.

Após a laminação, o aço resfria gradualmente à temperatura ambiente (normalização) ou é submetido a um processo controlado de resfriamento. Esse resfriamento pode ser realizado naturalmente ao ar livre ou por meio de técnicas de resfriamento acelerado, como resfriamento controlado em fornos ou jatos de água.

Diferenças entre a laminação a frio e a quente

Sendo assim, como podemos ver, existem diferenças significativas entre os processos de laminação a frio e a quente. Abaixo, separamos uma lista com algumas das principais distinções:

  • Temperatura de trabalho: Na laminação a quente, o aço é aquecido a altas temperaturas (geralmente acima de 1.000°C) antes de passar pelos cilindros do laminador. Já na laminação a frio, o aço é processado em temperatura ambiente ou próximo a ela (20°C).

  • Propriedades mecânicas: O aço laminado a quente tende a ter propriedades mecânicas diferentes do aço laminado a frio e, portanto, é geralmente mais maleável e possui uma estrutura cristalina menos refinada. Por outro lado, o aço laminado a frio possui maior resistência e dureza devido à deformação plástica ocorrida durante o processo.

  • Superfície do material: Enquanto o aço laminado a quente pode apresentar uma superfície com oxidação, escala e irregularidades, o aço laminado a frio tem uma superfície mais lisa, uniforme e livre de imperfeições.

  • Tolerâncias dimensionais: O processo de laminação a frio proporciona uma precisão dimensional superior, resultando em tolerâncias mais estreitas em comparação com o aço laminado a quente.
Processo de laminação a quente.

Encomende suas peças metálicas com a Bepex!

No fim do dia, investir em chapas metálicas de qualquer laminação é extremamente importante para qualquer projeto de construção civil, pois este processo garante sua durabilidade e segurança em longo termo. E considerando todas as possibilidades que o mercado siderúrgico disponibiliza para proteger esses produtos ainda mais, o metal é considerado um investimento de alto custo-benefício.

Portanto, caso esteja interessado em adquirir peças metálicas para um novo projeto, você está no lugar certo. Nossa equipe trabalha com a fabricação de metais desde 1991 – e nosso objetivo é entregar produtos de confiança e qualidade para nossos clientes em todo o território brasileiro.

Sim, você leu certo! Além de providenciarmos o melhor atendimento para você, ainda contamos com um sistema de encomendas com todo o suporte que precisa. No nosso catálogo, você pode encontrar chapas expandidas, chapas perfuradas, forros, brises, fachadas e muito mais! Entre em contato conosco para nos contar suas ideias!

Aproveite e leia também: Preço das Vigas de Aço – Aplicações e Vantagens

Postagens Relacionadas
Deixe um comentário