Os 4 tipos de estrutura metálica e suas vantagens

A estrutura metálica é algo imprescindível para a maior parte dos projetos urbanos da modernidade. Feita geralmente de aço – e diversas versões se aplicam aqui, cada uma atendendo a necessidades técnicas específicas – esse produto se tornou parte essencial não só do estilo cotidiano como também da atividade industrial. Neste artigo, veremos quais são os 4 principais tipos de estrutura metálica – bem como suas aplicações e vantagens.

Leia também: A revolução do Processo Open Hearth na criação do aço

O que é uma estrutura metálica?

Uma estrutura metálica é um sistema de suporte composto por elementos ferrosos – como vigas, colunas, treliças e tirantes – projetados para resistir a peso próprio, cargas vivas (como pessoas e móveis) e cargas ambientais (como vento e neve). Como veremos, essas estruturas são comumente utilizadas em diversas aplicações – incluindo na construção de edifícios comerciais e residenciais, pontes e torres de transmissão e até na decoração de interiores.

Estrutura metálica de construção civil unida ao concreto.

Fabricada principalmente em aço e alumínio, essa estrutura oferece vantagens enormes em quesitos de resistência, durabilidade, versatilidade, facilidade de fabricação e montagem. Ela permite a combinação ideal com outras opções de materiais de construção – em especial a madeira, o concreto, o vidro, o plástico e demais elementos de alvenaria.

Em outras palavras, é possível aplicar uma estrutura metálica a quase qualquer edificação, sendo um dos precursores da reurbanização de diversas cidades antigas pelo mundo. O seu processo de produção se dá basicamente assim:

  • O processo começa com a criação de um projeto detalhado da estrutura metálica, incluindo cálculos de carga, dimensionamento dos membros estruturais e especificações técnicas. Engenheiros especializados utilizam software de modelagem e análise estrutural para criar o projeto;
  • Após a aprovação do projeto, os componentes da estrutura metálica são fabricados. Isso inclui cortar, perfurar, dobrar e soldar os materiais metálicos, como vigas, colunas, treliças e conexões;
  • Os componentes fabricados são transportados para o local da construção, onde serão montados. Isso pode envolver o uso de caminhões, contêineres ou outros meios de transporte, dependendo do tamanho e da escala do projeto;
  • As peças são erguidas e conectadas umas às outras usando parafusos, rebites ou soldagem, conforme especificado no projeto. Geralmente, guindastes e outras máquinas são utilizados para posicionar os componentes de forma segura e eficiente;
  • Após a montagem, a estrutura pode passar por processos de acabamento, como pintura ou galvanização, para proteger o metal contra corrosão e melhorar sua aparência estética;
  • Aqui é onde a estrutura metálica pode ser integrada a outros elementos da construção, como paredes, pisos, telhados e sistemas de acabamento;
  • Antes da conclusão final, a estrutura é inspecionada para garantir que atenda aos padrões de qualidade e segurança. Testes adicionais, como testes de carga, podem ser realizados para verificar o desempenho estrutural da construção;
  • Uma vez que a estrutura metálica tenha sido completamente montada, inspecionada e testada, ela está pronta para uso conforme a finalização do projeto de construção.

Os 4 tipos de estrutura metálica

Com tudo isso dito, podemos ver como as possibilidades envolvendo o uso do metal como matéria-prima para estruturas de suporte são mais do que vantajosas. O custo-benefício do metal é imenso, então há vários motivos para querer investir nesse material tanto em um projeto externo quanto interno.

Há 4 tipos principais de estrutura metálica no mercado: o tipo arquitetônico, o tipo estrutural, o tipo de construção civil e, servindo mais como uma subcategoria, o tipo PPCI. Em todas as ocasiões, três fatores são indispensáveis na hora de planejar e montar uma estrutura:

  1. Perfis que serão utilizados
  2. Espessuras
  3. Dimensões de cada peça estrutural

Veja abaixo alguns detalhes sobre cada tipo:

Arquitetônico

estrutura metálica

Estruturas metálicas do tipo arquitetônico são aquelas que desempenham um papel significativo na estética e no design de um edifício. Elas podem ser expostas ou integradas de forma visível à arquitetura do prédio, criando elementos como fachadas, coberturas, marquises, forros e arcos, que contribuem para a aparência e estilo personalizado de um projeto.

Estrutural

Estruturas metálicas do tipo estrutural são aquelas cujo principal propósito é fornecer suporte e estabilidade ao edifício ou à construção, geralmente com ênfase nos telhados. Essas estruturas são muitas vezes ocultas dentro da edificação e não são visíveis externamente – incluindo elementos como vigas, colunas, treliças e lajes, projetados para suportar o peso do edifício e resistir às cargas, como vento, neve e movimentações sísmicas.

De construção civil

Esse tipo de estrutura metálica se refere à utilização de elementos metálicos na construção civil em geral, incluindo obras de pequeno, médio e grande porte. Isso abrange desde estruturas simples, como galpões e barracões, até edifícios comerciais, residenciais, industriais e infraestruturas como pontes, viadutos e torres de transmissão.

Plano de Prevenção Contra Incêndio (PPCI)

Estruturas metálicas do tipo de Plano de Prevenção Contra Incêndio referem-se à consideração específica dos aspectos relacionados à segurança contra incêndio na concepção, construção e utilização de estruturas metálicas. Isso inclui o uso de materiais retardadores de fogo, sistemas de detecção e combate a incêndios, e outras medidas de segurança para proteger a estrutura metálica e seus ocupantes em caso de incêndio.

Vantagens da chapa metálica na estrutura

As chapas metálicas desempenham um papel crucial em diversos tipos de estruturas metálicas e vêm em diversas variações – incluindo as famosas chapas expandidas e chapas perfuradas. Como são amplamente utilizadas em todos os tipos que mencionamos anteriormente, elas merecem uma própria seção de destaque.

Veja abaixo as vantagens de investir em uma estrutura metálica com chapas:

  • oferecem excelente resistência à tração e compressão, proporcionando suporte robusto em diversas aplicações estruturais;
  • são altamente duráveis e capazes de resistir à corrosão, intempéries e deterioração, especialmente quando tratadas com revestimentos protetores;
  • podem ser facilmente moldadas, cortadas, perfuradas e soldadas, permitindo uma ampla variedade de formas e tamanhos;
  • são relativamente leves, o que facilita o transporte, manuseio e montagem em comparação com outros materiais mais pesados, como o concreto;
  • são materiais recicláveis;
  • oferecem uma variedade de opções de acabamento e aparência, permitindo designs arrojados e modernos em aplicações arquitetônicas.

No fim do dia, as chapas metálicas desempenham um papel fundamental em todas as fases do processo de concepção, construção e uso de estruturas metálicas, contribuindo para sua resistência, durabilidade, estética e segurança. Quando você junta essa versatilidade visual com as medidas de espessura e largura que as chapas metálicas possibilitam (veja a tabela completa aqui), a criatividade pode ser colocada em prática em qualquer tamanho de projeto.

E se você precisa de um bom fornecedor de chapas o quanto antes… está no lugar certo!

Encomende estruturas e chapas metálicas diretamente da fábrica!

A Bepex é fabricante de metais desde 1991 e atende um grande mercado de clientes em todo o território nacional. Nossa empresa conta com um parque fabril de 10 km² – tendo a capacidade de produção de até 400 toneladas de chapas metálicas por mês. Toda essa experiência permite transformar o aço em produtos de qualidade ímpar, combinada com o atendimento intimista e eficiente e um design completamente personalizado às suas necessidades.

No nosso catálogo, você ainda pode encontrar chapas expandidas, chapas perfuradas, forros, brises, fachadas e muito mais! Entre em contato conosco para nos contar suas ideias e receber um orçamento ou acesse o site para esclarecer suas dúvidas.

Veja também: Como fazer a manutenção do aço

Postagens Relacionadas
Deixe um comentário