Por que o revestimento de fachadas em zinco é popular

O revestimento de zinco, também conhecido como galvanização por imersão a quente, trata-se de um processo no qual o aço ou ferro é revestido com uma camada de zinco para protegê-lo da corrosão, criando uma barreira protetora e bastante resistente entre o metal base e o ambiente externo. Essa técnica é bastante utilizada no mundo da construção civil para preservar projetos externos que estão vulneráveis a intempéries do clima, particularmente os brises metálicos que cercam edificações comerciais. Investir no revestimento de fachadas em zinco é, nesse caso, uma das melhores escolhas a se fazer.

Leia mais sobre o assunto ao longo do artigo para se inspirar com ideias criativas! Ou, para acessar o nosso guia geral sobre o revestimento de zinco, clique aqui.

O que é o revestimento de fachadas em zinco?

Em curtas palavras, o revestimento de fachadas em zinco trata-se da instalação de uma peça metálica mergulhada em zinco na fachada de uma edificação, seja comercial ou residencial.

Como você deve imaginar, a fachada é um dos elementos mais importantes em um projeto de arquitetura. Além de servir como a primeira barreira da construção contra o calor, a chuva, a neve ou o vento, ela também determina a aparência de uma edificação. Seu revestimento externo corresponde a uma significativa parcela do custo total da obra e, por conta disso, o seu material deve ser especificado com muita atenção – levando em conta a estética, a funcionalidade, a necessidade de manutenção e seu comportamento a longo prazo. Nesse caso, o zinco entra como opção no mercado com um alto custo-benefício.

Um material leve, o zinco é um metal não ferroso que pode revestir com excelência edifícios expostos a condições climáticas adversas. Quando em contato com a umidade, por exemplo, uma fachada de zinco gera uma camada que permite a autoproteção, isolando o calor dos espaços internos durante o verão e respondendo corretamente às gotículas de gelo durante o inverno. Dependendo do tipo de painéis modulares, o revestimento de fachadas em zinco pode envolver curvas ou ser perfurado de acordo com o projeto arquitetônico, combinando com estéticas urbanas de diferentes tons, brilho e cores.

No fim do dia, o objetivo principal da galvanização a zinco, nome dado ao processo que forma o revestimento final, é fornecer proteção contra a oxidação, garantindo uma vida útil mais longa ao projeto e, sobretudo, preservando a integridade estrutural de suas peças. Além de fachadas e brises, vários locais podem se beneficiar desse investimento, incluindo:

  • muros externos de jardim, oferecendo um contraste industrial;
  • áreas de visita no fundo da casa, como em lounges e pergolados;
  • painéis de televisão, dando-lhe um ponto de foco;
  • embaixo de escadas espirais, podendo alternar entre cores.

Leia também: Quais são os materiais usados na construção civil?

Vantagens do revestimento de zinco

O revestimento de zinco oferece vários benefícios em comparação com outros métodos de proteção contra a corrosão ou acabamentos similares, como as pinturas especiais. Algumas características que se sobressaem no mercado (e que geram a sua demanda excessiva) incluem:

  • Excelente resistência à corrosão: A galvanização por imersão a quente fornece uma camada protetora de zinco que é altamente resistente à corrosão, o que significa que o metal base fica imune aos efeitos do clima e tempo por longos anos, mesmo em ambientes mais hostis.

  • Cobertura completa: A galvanização por imersão a quente assegura que todas as áreas da peça de metal sejam preenchidas – incluindo cantos e superfícies de difícil acesso na edificação – o que pode não ser tão eficaz com outros métodos de revestimento.

  • Durabilidade: O revestimento de zinco é conhecido por perdurar por décadas antes de passar por qualquer manutenção significativa. Uma vez galvanizada, a superfície não requer muita atenção, economizando tempo e recursos a longo prazo.

  • Efetividade: A galvanização a zinco pode ser uma opção economicamente viável, ainda mais quando se considera sua longa vida útil e a proteção que oferece contra a corrosão.

  • Proteção “cátodo” ou “sacrifício”: O revestimento de zinco atua como um ânodo sacrificial – protegendo o metal base. Isso significa que, em caso de danos à camada de zinco, o zinco corroerá antes do metal base, mantendo a integridade estrutural da construção.

  • Sustentabilidade: O zinco é um material reciclável, o que torna a galvanização uma escolha ambientalmente amigável. O zinco usado em peças galvanizadas pode ser reciclado e reutilizado em novos produtos quando não possuírem mais utilidade no futuro!

Leia também: Como aplicar uma chapa de ACM na construção civil

Encontre metais galvanizados na Bepex!

Como fabricantes de metais desde 1991, nossos profissionais contam com um sistema de entregas que cobre todo o Brasil. Compre peças galvanizadas direto da fábrica!

Com sede em Iracemápolis, a Bepex é uma empresa que atua na produção de chapas metálicas dos mais variados tipos. Somos referência na produção de peças que você pode empregar em qualquer projeto – sejam elas de aço, inox, alumínio ou zinco. Durante nossos 30 anos de trabalho, construímos um parque fabril de mais de 10 km², capaz de produzir cerca de 400 toneladas de produtos por mês!

Quer saber mais? Então entre em contato conosco e peça um orçamento – um dos nossos consultores entrará em contato para sanar todas as suas dúvidas assim que possível.

Postagens Relacionadas
Deixe um comentário